Mais de 60% dos infectados em Lajeado são funcionários de frigoríficos, aponta prefeitura

Município do Vale do Taquari chegou ao primeiro lugar em número de casos confirmados pelo boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde.

Prefeitura, no entanto, confirma um número maior.

Lajeado se torna o município com mais registros de coronavírus no RS Lajeado, no Vale do Taquari, se tornou nesta sexta-feira (22) a cidade com mais casos confirmados de coronavírus pelo boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo atualização da tarde, são 733 infectados no município.

A prefeitura, no entanto, informa um número diferente: 840.

Segundo a administração, 530, ou seja, 63% são funcionários da BRF e da Minuano, conforme a Vigilância Epidemiológica de Lajeado.

Os dois frigoríficos estão testando todos os seus funcionários ativos, desde que fizeram acordo com Ministério Público para retomar as atividades, interditadas devido aos casos confirmados nas unidades.

Até o dia 31 de maio, mais de 3 mil trabalhadores vão ser testados.

Initial plugin text No frigorífico Minuano, foram testados 926 funcionários, com 725 positivos.

Esse número inclui trabalhadores de Lajeado e de outras cidades da região, por isso é maior do que o total apresentado pela prefeitura.

A BRF divulgou somente o total de positivos, 296 até quinta-feira (21).

Segundo a prefeitura, 93% já estão curados.

São aplicados os testes rápidos, que identificam a presença de anticorpos no organismo, ou seja, se a pessoa teve contato com o vírus.

"O número de casos positivos deve nos deixar atentos para os cuidados necessários para evitar novas contaminações, como o distanciamento social, higiene e uso de máscara.

Mas ao mesmo tempo podemos ver estes números como algo positivo, porque são pessoas que se contaminaram, desenvolveram anticorpos e agora estão aptas a voltar ao trabalho sem risco de contaminar outras pessoas", avalia o pneumologista Cláudio Klein, secretário Municipal de Saúde de Lajeado. Discrepância entre os dados A prefeitura explica que usa dados disponíveis no município, independentemente da contabilização feita pela Secretaria Estadual da Saúde, para atualizar o seu próprio boletim, o que acaba resultando na diferença em relação ao mapa estadual.

"Como o município recebe antes os dados dos casos positivos dos relatórios das empresas e precisa registrar os dados no sistema do Estado, o relatório estadual acaba contabilizando os dados mais tarde", diz nota do Executivo de Lajeado.

.

Em relação às mortes pela doença, Lajeado é a terceira no boletim do estado, com 16 óbitos, atrás de Passo Fundo (27) e Porto Alegre (26).

No total, o estado chegou a 172 mortes e quase 6 mil casos nesta sexta-feira (22), segundo o boletim do governo do estado.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text
Categoria:Rio Grande do Sul